September 17, 2018
Publicado por Aline   /   Categoria : Entrevista, Matéria, Notícias

Joaquin Phoenix foi avisado pelos produtores de que seu mais recente filme seria “uma grande chatice”.

O ator de 43 anos protagoniza o cartunista John Callahan, que se tornou tetraplégico após um acidente aos 21 anos, em “Don’t Worry, He Won’t Get Far on Foot”, e Joaquin admitiu que Gus Van Sant teve que convencer os produtores de que o filme valeria a pena.

Ele disse: “Eu me lembro de que tivemos uma reunião com alguns produtores e eles disseram: ‘Isso parece ser uma verdadeira chatice, esse filme’. E Gus diz: ‘Ah, não, nós faríamos isso com Robin, não ia ser nada chato! E eles disseram: ‘Sim, mas isso era com Robin Williams, não com Joaquin’. E eu estava lá! Na sala!”

O filme é baseado no livro de memórias do cartunista.

E enquanto alguns aspectos do filme são bastante sombrios, Joaquin também notou que, finalmente, o deixou “com esse sentimento de alegria”.

O ator de Hollywood – que aparece no filme ao lado de Jonah Hill e Rooney Mara – disse ao jornal Age na Austrália:

“Muito do livro é muito difícil, especialmente as partes logo após o acidente. Mas mais do que tudo, você fica com esse sentimento de alegria. E acho que tivemos isso no set. Eu quase sempre chego cedo no set de qualquer maneira, mas eu estava sempre muito animado para ver o que eu iria descobrir naquele dia. Você sabe, é engraçado, mas este pode ser o momento mais feliz que eu já tive fazendo um filme.”

Fonte.

Leave a Reply