Para a edição de Melhores Performances 2020 da W Magazine, as estrelas dos maiores filmes do ano passado posaram para o fotógrafo Juergen Teller em locais de Los Angeles: shoppings, estacionamentos e quartos de hotel. Desta vez, o portfólio anual apresenta nove capas diferentes, com Brad Pitt (Era uma vez … em Hollywood e Ad Astra), Joaquin Phoenix (Coringa), Jennifer Lopez (Hustlers), Eddie Murphy (Dolemite Is My Name), Chris Evans (Knives Out e Avengers: Endgame), Laura Dern (História de um casamento e Little Women), Adam Driver (História de um casamento, The Report e Star Wars: Episódio IX), Adam Sandler (Uncut Gems) e Scarlett Johansson (Casamento Story e Jojo Rabbit). Para o portfólio da edição, os atores sentaram-se com a editora da revista, Lynn Hirschberg para discutir suas vidas e trabalhos.


Confira todas as imagens deste álbum

Eu amo musicais. No outro dia, eu estava assistindo parte de ‘Bye Bye Birdie’ e me sentindo tão feliz. Há muito Frank-N-Furter do ‘Rocky Horror Picture Show’ em ‘Coringa’. Vi esse filme quando tinha 14 ou 15 anos e sempre tive inveja desse desempenho.
Você tem treinamento de dança?

Sim. E eu trabalhei com um coreógrafo do ‘Coringa’. Normalmente, não gosto de falar sobre personagem com ninguém além do diretor, mas o coreógrafo me deu um vocabulário que informava o papel. Eu queria passar de alegria e euforia para algo doloroso. A dança me deu essa linguagem. E fome.

Você teve problemas para se livrar do personagem no final do dia?

Bem, eu estava vivendo como um eremita porque estava em uma dieta extrema. Você não pode socializar quando não está comendo ou bebendo.

Seus sonhos eram diferentes?

Sim. Eu estava sempre sonhando com comida. Eu sonhava que comia uma refeição enorme. E eu acordava me sentindo tão culpado.

Fonte.