A People for the Ethical Treatment of Animals (PETA) anunciou na terça-feira os atores e filmes de Hollywood que está homenageando este ano por serem amigos dos animais, com prêmios Oscats para Joaquin Phoenix, Cynthia Erivo e Tom Hanks.

E “O Rei Leão”, da Disney, ganhou o prêmio de melhor filme por sua “impressionante imagem gerada em computador (CGI) para retratar seu elenco de personagens de animais selvagens em vez de explorar os animais reais”, disse o grupo de direitos dos animais em seu anúncio oficial.

A PETA reconheceu o filme “Cats”, dirigido por Tom Hooper por retratar seu elenco repleto de estrelas como felinos humanóides digitais cobertos de pele, mesmo que o lançamento da Universal tenha sido um fracasso de bilheteria.

O astro de “Coringa”, Phoenix, e a estrela de “Harriet”, Cynthia Erivo, ganharam troféus pelas atuações, enquanto o troféu de melhor roteiro foi para “Dumbo”, de Tim Burton, por adicionar um final mais humano ao drama, em vez de deixar Dumbo e sua mãe presos e explorados.

Phoenix foi nomeada anteriormente pela PETA como ‘A Pessoa do Ano’ de 2019. E o grupo de direitos dos animais homenageou Tom Hanks por, em um momento no filme “A Beautiful Day in the Neighborhood”, relatar a explicação de Fred Rogers para ficar sem carne: “Eu não quero comer nada que tenha mãe”.

Dois filmes também ganharam prêmios por temas que se opunham à experimentação animal: “Abominable” foi nomeado melhor filme de animação e “The Animal People”, com produção executiva de Joaquin Phoenix, por contar a história real de seis advogados determinados a expor um dos maiores laboratórios de testes de animais do mundo, conquistou o melhor prêmio de documentário.

“Oscats, da PETA, mostram que nenhum cineasta decente forçará os animais selvagens a se apresentar – e as mensagens favoráveis ​​aos animais são o que o público moderno deseja”, disse Lisa Lange, vice-presidente da PETA, em comunicado.

Fonte.