canada.com

Seu papel em ‘os donos da noite’ é o mais próximo possível de um herói de ação que você teve?

Você obviamente ainda não viu o meu trabalho inicial [risos]. Eu suponho, mas eu realmente não penso nisto como ação.

Mas você está em uma grande chuva, uma perseguição de carro. Isso conta.

Para você, é uma cena de ação. Para mim, foi naquela hora que eu estava na parte traseira de um reboque em um falso carro gritando, “Aaahhh!”. Foi tipo, “Agora eles estão atirando! Mais aaahhh!”. Eu sempre achei difícil fazer essas coisas e assistir. Esperemos que pareça intenso.

Você é conhecido pela intensidade, e isso você mostra em ‘We Own The Night’ e ‘Reservation Road’. Como você consegue?

Qualquer hora que alguém me pergunta sobre uma abordagem ou um método, mas é como eu digo pedindo alguém que sobreviveu a uma queda de 60 pés de um edifício, “Qual foi o seu método?” E a resposta é: “Não sei, eu estava de cabeça para baixo, e eu gritava em voz alta para minha mãe. Então eu bati minha cabeça e alguém disse, ‘você está agasalhado.’ ”

Então, o que você está dizendo?

Que eu não sou ciente, necessariamente, do meu método específico. Penso que não há sempre uma coisa coerente de filme para filme. Existem atores que andam, e atingem uma linha, e são completos. Isso é incrível. Depois, há outros que gastam muito tempo trabalhando nisso e é muito surpreendente.

O que faz você prosseguir os filmes que faz?

É um jeito de fazer dinheiro [risos]. Eu não sei. Eu não tenho vontade de trabalhar novamente e, em seguida, vou ler um script e de repente me sinto inspirado pelo script. Desde que eu terminei ‘We Own The Night’ e ‘Reservation Road’, não tenho trabalhado em um ano.

Ambos os filmes estão emocionalmente pesados. Será que essas imagens refletem onde você está pessoalmente agora?

Honestamente, como é este ano para mim diferente do que qualquer outro ano? Parece que eu tenho falado sobre meus filmes a décadas. É óbvio. Quero intensividade porque sou intenso. Diga se você fosse um alpinista. Você quer ir até o Hollywood Hills, ou você deseja escalar uma montanha íngreme? Não vou gastar três meses para trabalhar em algo que não é difícil, ou que não é intenso. Isso não vale a pena para mim. Eu ficaria entediado, para ser honesto.

Você parece estar em constante turbulência, sempre debater com o artesanato de atuar em filmes e principalmente o seu trabalho de promover filmes? Você já pensou em desistir do mercado de filmes?

Acho que todo mundo. É ridículo dizer que vou me aposentar. Tomei uma ruptura algumas vezes.Você tem que querer estar no set. Encontrei-me, por vezes, em um filme, nas últimas semanas, onde eu começo a pensar, “Eu quero sair de aqui. Eu não quero mais vestir essa roupas. Pare de mexer no meu cabelo”. E isso é ridículo. Lembro-me de pensar, ‘não posso fazer mais isso’.

É por esse motivo que você se mantem sendo mal-humorado? (humor instavel ou mal-humorado)

Não tenho idéia como as pessoas me vêem. Eu não leu nada de mim na imprensa . Eu não assisto os filmes. Acho que sou completamente normal. [Phoenix finge beber água de um garrafa mas brinca deixando cair algumas gotas em sua camisa] Para mim, as minhas emoções são completamente normais.

Se atuar começou a ser demais, porque você nunca disistiu?

Eu prometi pra mim mesmo, quando eu era mais novo, que gostaria de continuar a ser apaixonado, e aproveitar, ou eu não faria isso. Se eu chegar ao ponto em que eu começar a pensar dessa forma eu só não vou mais trabalhar.

Qual é o seu trabalho de recuo?

Eu posso trançar o cabelo.