Entrevista 7

Posso te chamar de “Kitten”(Gatinho)? O teu perfil no IMDB diz que é um dos teus apelidos.

Não, você não pode. Isso não é verdade. Uma vez eu disse à um jornalista que as garotas me chamavam de “gatinho”, mas eu não poderia ter sido mais sarcástico, e não importa quantas vezes eu tenha dito que era uma piada, ainda sim isso não vai embora.

Você foi descrito como desajeitado, inconfortável e nervoso durante entrevistas. Estou certa por esperar o pior?

Eu penso que o dia que eu me sentir confortável dando entrevistas e indo à talk shows é o dia que não saberei mais o que é ser um ser humano. Eu me sinto confortável e não desajeitado na minha vida, mas quando faço divulgação posso ser desajeitado, poruqe eu não curto isso. Eu não gosto da atenção.

Eu acho que você pode ter escolhido o trabalho errado.

Eu era muito ingênuo sobre o que involve a indústria cinematográfica. Eu tenho atuado desde os 8 anos, e eu nunca olhei revistas de entretenimento, nunca assisti programas de entretenimento. Eu não acho que alguém deve ficar confortável num palco com pessoas aplaudindo e rindo de cada coisa estúpida que você diga.

Eu acho que pessoas aplaudindo a cada coisa estúpida que eu digo soa muito bem!

É uma coisa numa situação normal, quando eles realmente gostam de alguma coisa que você disse, mas quando vocês está com uma platéia que parece ser treinada para aplaudir em qualquer momento, é difícil ficar satisfeito. É um orgasmo falso.

Qual é a pergunta que você está mais cansado dos repórteres te fazerem?

A única pergunta tem sido: “Você leva isso para casa?” E a verdade é não. Mas as pessoas não querem escutar isso. Então é uma situação estranha, porque você não diz às pessoas a verdade, que não tem nada demais acontecendo, e eles não pensam tanto em você. Ou você mente, o que faço 1 milhão de vezes… “Ah sim, é muito difícil dormir à noite.” Sim, é muito difícil dormir quando se tem assistentes da produção que darão à você qualquer coisa que queira. Você está num set onde as pessoas estão te cuidando constantemente. É uma moleza.

Em ‘Os Donos da Noite’, você interpreta um dono de boate hedonístico e amante das drogas. Isso parece um personagem divertido de se preparar.

Eu nunco preparo. Eu acho que isso é completamente superestimado. É um trabalho muito simples. Tudo o que você tem de fazer é acertar o enquadramento, ficar na marca e dizer a frase. Então eu realmente não acredito em preparação.

Mas você se preparou para Brigada 49 treinando numa academia de bombeiros.

Eu só disse isso porque pensei que soaria bem na imprensa. Olha, existem mudanças de preparação todo tempo. Eu não sei porque tem que ser notado que atores fazem qualquer tipo de preparação. Isso é o você deveria fazer no seu emprego fudido (fucking job!). Você pensa isso porque fez alguma pesquisa e que você merece algum crédito especial?

Eu não estou dizendo que você merece crédito especial. Eu só perguntei isso para conseguir de você algumas boas histórias sobre drogas.

Eu tenho que atender a próxima ligação. Eles estão me dando o sinal.

Espere – só mais uma pergunta: Como um vegano e um ativista dos direitos dos animais, você ficaria ofendido se eu te falasse que acabei de comer um cachorro-quente tapado de bacon, enquanto usava um casaco de peles?

[Click, tu-tu-tu]