Berlim seleciona último de River Phoenix

Foram anunciados os últimos filmes selecionados para a mostra principal do 63º Festival de Berlim, que ocorre de 7 a 17 de fevereiro.

Ao todo serão 24 filmes, 19 deles concorrendo pelo Urso de Ouro. Entre as últimas adições, dois longas fora de competição chamaram a atenção. Um deles é Before Midnight, continuação de Antes do Amanhecer e Antes do Pôr-do-Sol, filmes de Richard Linklater protagonizados por Ethan Hawke e Julie Delpy. O longa também será exibido no Festival de Sundance.

Além dele, Dark Blood, de George Sluizer, está na lista. O longa foi filmado em 1993 e foi interrompido devido a morte do ator River Phoenix, protagonista do filme. O diretor o finalizou e após 20 anos o exibirá pela primeira vez.

Veja a lista completa:
Before Midnight – Estados Unidos/Grécia – de Richard Linklater – Fora de competição
Dark Blood – Holanda – de George Sluizer – Fora de competição
Dolgaya Schastlivaya Zhizn (A Long And Happy Life) – Rússia – de Boris Khlebnikov
Night Train To Lisbon – Alemanha/Suíça/Portugal – de Bille August – Fora de competição
Prince Avalanche – Estados Unidos – de David Gordon Green
Uroki Garmonii (Harmony Lessons) – Cazaquistão/Alemanha – de Emir Baigazin
Vic+Flo Ont Vu Un Ours (Vic+Flo Saw A Bear) – Canadá – de Denis Côté
W Imię… (In The Name Of) – Polônia – de Małgośka Szumowska
Anunciados anteriormente:
Camille Claudel 1915, de Bruno Dumont – França
Elle S’En Va (On My Way), de Emmanuelle Bercot – França
Epizoda U Zivotu Berača Seljeza (An Episode In The Life Of An Iron Picker), de Danis Tanovic – Bósnia/França/Eslovênia
Gold, de Thomas Arslan – Alemanha
La Religieuse (The Nun), de Guillaume Nicloux – França/Alemanha/Bélgica
Layla Fourie, de Pia Marais – Alemanha /África do Sul/França/Noruega
The Necessary Death Of Charlie Countryman, de Fredrik Bond – Estados Unidos
Parde (Closed Curtain), de Jafar Panahi e Kambozia Partovi – Irã
Terapia de Risco, de Steven Soderbergh – Estados Unidos
The Grandmaster, de Wong Kar Wai – China – Fora de Competição
Gloria – Chile/Espanha – Sebastián Lelio
Nugu-ui Ttal-do Anin (In Another Country) – Coréia do Sul – Hong Sang-soo
Paradies: Hoffnung (Paradise: Hope) – Áustria/França/Alemanha – Ulrich Seidl
Poziţia Copilului (Child’s Pose) – Romênia – Călin Peter Netzer
Promised Land – Estados Unidos – Gus Van Sant
Os Croods – Estados Unidos – Kirk De Micco e Chris Sanders – Fora de Competição

Fonte.

‘Dark Blood’ estreia em setembro!

O último filme de River Phoenix, “Dark Blood” finalmente parece que verá a luz. De acordo com o THR, “Dark Blood” terá sua estréia mundial no Netherlands Film Festival em 27 de setembro, quase 19 anos depois que Phoenix morreu.

Em outubro de 2011, o diretor George Sluizer disse ao THR que ele estava planejando terminar o filme com a ajuda de Joaquin Phoenix, irmão de River. Isso acabou sendo uma ilusão para Sluizer, assim que a família Phoenix negou qualquer envolvimento logo após a notícia. “Joaquin Phoenix e sua família não estão em negociação com o diretor, eles não vão participar de qualquer maneira do projeto”, um porta-voz da família disse ao Deadline.com.

Fonte.

Ator de “X-Men: Primeira Classe” substituirá River Phoenix em antigo projeto

O jovem ator Caleb Landry Jones (“X-Men: Primeira Classe”) vai estrelar o próximo filme do veterano cineasta John Boorman (“Excalibur”). Intitulado “Broken Dream”, trata-se de um projeto antigo e bastante pessoal de Boorman. Co-roteirizado pelo próprio Boorman, o filme deveria trazer River Phoenix (“Conta Comigo”) no papel protagonista.

A trama é descrita como uma “história de amor que acontece em um mundo futurista”, mas definida nas palavras do diretor como “o conto sobre um ilusionista que descobre como fazer objetos desaparecem completamente, de modo que todo o mundo material se torna um espírito para ele”.

Devido a fatalidade, Boorman estava aguardando o ator “certo para substituir Phoenix”. Aparentemente, o encontrou em Landry Jones, que foi muito aplaudido no Festival de Cannes por sua interpretação em “Antiviral”, thriller inédito no Brasil e dirigido pelo estreante Brandon Cronenberg, filho do cineasta David Cronenberg (“Senhores do Crime”).

Após quase 20 anos em desenvolvimento, o longa-metragem será finalmente rodado. O ator John Hurt (“O Espião que Sabia Demais”) também foi escalado no elenco, no papel do pai do protagonista.

Fonte.

River em ‘Dark Blood’

No ano passado, o diretor George Sluizer disse à imprensa que ele estava trabalhando no acabamento de Dark Blood, o drama que River Phoenix estava trabalhando quando morreu em 1993. Agora, em um esforço para arrecadar dinheiro para a pós-produção, Sluizer lançou um trailer que inclui imagens nunca antes vistas do filme, junto com uma explicação pessoal do porquê ele finalmente decidiu pegar o projeto novamente após todos estes anos.

Na época de sua morte, Phoenix era um dos melhores atores jovens de Hollywood. Com filmes aclamados como ‘Stand By Me’, ‘My Own Private Idaho’, e ‘Running on Empty’. Seu próximo passo era pra ser esse drama, no qual ele interpreta um eremita que vivia no deserto do Arizona. O personagem cruza o caminho com um glamouroso casal (Judy Davis e Jonathan Davis) que vêm a ele por ajuda após seu carro quebrar, e logo cai em um relacionamento conturbado com a esposa. Assista ao trailer abaixo:

Fonte.

Filme com River será lançado 18 anos depois!

‘Dark Blood’, o filme que River Phoenix estava gravando quando morreu, será lançado em 2012 pelo diretor holandês George Sluizer. A informação é do Hollywood Reporter. O drama seria lançado em 1994, mas teve as gravações interrompidas após a morte do ator, nos Estados Unidos. Na época o diretor escondeu o material já gravado com medo de que tudo fosse destruído.

Sluizer, conhecido principalmente pelo aclamado ‘O silêncio do lago’, afirmou que pretende pedir que Joaquin Phoenix grave as vozes do personagem do seu irmão River. “As vozes dos dois são muito parecidas”, justificou o cineasta que manteve contacto com a família Phoenix.

Em “Dark Blood”, River interpreta a vida de um eremita no deserto num local de testes nucleares enquanto aguarda o fim do mundo. Quando um casal de Hollywood (interpretados por Judy Davis e Jonathan Price) chega à procura de um abrigo, ele inicia um conturbado relacionamento com a mulher.

Fonte: diariodigital.

James Franco faz videoarte sobre River

James Franco, que concorreu ao Oscar de melhor ator este ano por seu papel em 127 Horas e apresentou a cerimônia do prêmio, lançou uma instalação de videoarte em Los Angeles com o diretor Gus Van Sant sobre o ator River Phoenix, segundo o jornal inglês Guardian.
Phoenix era considerado um ator brilhante de sua geração e morreu de overdose aos 23 anos em 1993, dois anos depois de lançar Garotos de Programa, dirigido por Van Sant. Ele era irmão de Joaquim Phoenix, de Johnny & June.
O vídeo de 100 minutos traz imagens inéditas de Phoenix e é uma leitura de Franco do processo de interpretação do ator.

Fonte , fonte.