Joaquin e Rooney se juntam a campanha “Free Paul Rusesabagina”


14 de abril de 2022 | Publicado por Aline

Joaquin Phoenix e Rooney Mara se juntaram a outros artistas na campanha “Free Paul Rusesabagina”, lançada pela Represent.com.

Paul Rusesabagina é um defensor dos direitos humanos e o herói da vida real do filme Hotel Ruanda. Ele recebeu a Medalha Presidencial da Liberdade dos EUA por sua bravura durante o genocídio. Ele foi preso ilegalmente, torturado e detido arbitrariamente em Ruanda.

Paul é uma voz para os sem voz, contando ao mundo sobre os abusos dos direitos humanos em Ruanda e em outros países enquanto trabalha pela democracia, paz, verdade e reconciliação em Ruanda e na região. Ele foi pego na rede de um regime ruandês que não tolera nenhuma crítica e está sendo usado como exemplo do que pode acontecer com outros críticos. Paul foi atraído para Ruanda para enfrentar um julgamento simulado que foi politicamente motivado. Ele foi condenado a 25 anos em um dos piores sistemas prisionais do mundo. Para um homem de 67 anos com vários problemas de saúde, esta é uma sentença de prisão perpétua.

Represent via Instagram:

“Ajude a libertar o herói. O humanitário Paul Rusesabagina foi preso injustamente por se manifestar contra o governo ruandês. Junte-se a Don Cheadle, Mark Ruffalo, Chris Evans, Scarlett Johansson e outros enquanto eles conscientizam sobre Paul e defendem sua liberdade.

100% da receita líquida vai para o fundo de defesa legal de Paul.”

Mais informações sobre o caso:

Através da defesa incansável de sua família, a comunidade internacional pediu sua libertação e condenou a detenção ilegal. O Grupo Arbitrário da ONU sobre Detenção Injusta declarou que o governo ruandês sequestrou e prendeu arbitrariamente Paul. O UNWGAD solicitou sua libertação imediata e incondicional e uma investigação independente de seu sequestro. O Comitê de Relações Exteriores da Câmara dos EUA, o Parlamento da União Europeia e o Parlamento belga também pediram sua libertação por meio de resoluções.

A American Bar Association e a Clooney Foundation for Justice, que monitoraram o julgamento, muitos Bar Councils internacionais e organizações de direitos humanos o consideraram um julgamento-espetáculo politicamente motivado que zombou do devido processo.

Para doar para o fundo de defesa legal #FreeRusesabagina: https://legaleraid.org/case/hotel-
rwanda-hero-paul-rusesabagina/

Share via
Copy link
Powered by Social Snap