EXCLUSIVO: Casey Affleck concluiu o tão falado e tão esperado documentário sobre seu cunhado e amigo Joaquin Phoenix, que teria largado a carreira de ator para ser músico de hip-hop (ou assim fomos levados a acreditar). Dizem que o filme fez sua estréia em um almoço privado na sede da WME na semana passada para compradores – incluindo Harvey Weinstein – que haviam jurado sigilo. WME está tentando vender o filme, e deve levar apenas alguns dias para chegar a um acordo. Parece que a agência e as distribuidoras pretendem manter o conteúdo em segredo pelo maior tempo que eles conseguirem para preservar o máximo de choque. (Portanto, a WME Global não venderá no Festival de Cannes). Tudo indica que o documentário dará respostas à confusão sobre se Joaquin realmente falava sério sobre parar de atuar – ou se era apenas, bem, uma atuação.

Fonte: deadline.com